Mostrar mensagens com a etiqueta TNA. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta TNA. Mostrar todas as mensagens

Ex-campeão mundial deixa o Impact Wrestling em definitivo


Nas gravações de quinta feira do Impact Wrestling, o ex-campeão mundial de singulares e multi-campeão de duplas "Cowboy" James Storm anunciou sua saída em definitivo da companhia de Nashville, conforme reporta o site prowrestlingsheet.com. Storm fez um discurso de despedida no ringue, onde agradeceu a ex-presidente da TNA, Dixie Carter, o fundador da companhia Jeff Jarrett, e o produtor Bob Ryder, mas não mencionou a Anthem Sports, atual dona do Impact.

O "Cowboy" teria tomado recentemente a decisão de sair da empresa assim que seu contrato expirasse, e a partir deste sábado, já estaria livre para negociar com qualquer promotora do mundo. Ainda não se sabe quais são seus planos futuros, mas há possibilidades de uma nova ida à WWE, onde ele competiu brevemente em 2015, mas optou por não permanecer e retornar ao IW.

James Storm competiu por 15 anos no Impact Wrestling, tendo formado as icônicas duplas America's Most Wanted, ao lado de Chris Harris e com Gail Kim como valet, e Beer Money, junto a Bobby Roode. Ele também foi parte das stables Fourtune, Immortal e Death Crew Council, e somou ao todo 16 títulos em sua estadia na promotora.

Luta cancelada para o Bound for Glory 2017


Devido a problemas pessoais, a Impact Knockout Taya Valkyrie não irá poder participar do Bound for Glory, que se realizará neste Domingo. Por consequência, seu combate contra Rosemary foi cancelado.

Taya ainda faz parte do roster do Impact Wrestling, e deverá retornar para as gravações do início de 2018.

Motivo para saída de Rockstar Spud do Impact Wrestling


Uma lembrança não muito agradável que os fãs da TNA têm é a dos erros de administração de Dixie Carter. Pois parece que esses erros ainda se repetem com a administração da Anthem.

Acontece que a demissão de Rockstar Spud aconteceu por um erro da Anthem na emissão da documentação para o visto de Spud.

Tal erro causou o impedimento de Spud adentrar os Estados Unidos. Spud tinha combates agendados, mas, por causa da inabilidade de pisar em solo estadunidense e o consequente impedimento de participar dos shows do Impact Wrestling, ele não receberia seu salário.

Cinco lutadores/árbitros saem do Impact Wrestling


Desde a última quarta feira, dia 1, cinco pessoas tiveram suas liberações concedidas pelo Impact Wrestling, segundo reporta o site prowrestlingsheet.com, sendo dois lutadores e três árbitros a requisitarem suas saídas da empresa.

Os lutadores liberados foram o membro da X-Division Marshe Rockett, e a Knockout MJ Jenkins (conforme confirmado pelo site squaredcirclesirens.com). Rockett estreou-se na companhia em agosto de 2016, sem nunca ter conquistado título em sua passagem, enquanto Jenkins estreou-se em março deste ano durante as gravações do One Night Only: Victory Road-Knockouts Knockdown, e teve uma discreta participação na empresa, competindo principalmente no Xplosion. Marshe fez uma publicação no Twitter sobre sua saída da empresa:

"Hoje é um novo dia e um novo capítulo. Obrigado por tudo Impact Wrestling. Até a próxima vez."

Quanto aos árbitros, as saídas foram de Brian e Earl Hebner, e de Brian Stiffler. Todos (que estavam no mínimo há 10 anos no IW) tiveram suas liberações concedidas devido à empresa ter decidido por utilizar árbitros locais para o Bound for Glory e as gravações posteriores do Impact durante a estadia no Canadá. Apesar da situação, todas as saídas foram amigáveis, com Brian Hebner inclusive fazendo uma postagem no Twitter em agradecimento ao trabalho no IW:

"Queria informar a todos que pedi e recebi minha liberação do Impact Wrestling. Obrigado ao meu balneário, vocês são os melhores."

Ainda não se sabe os planos futuros para a carreira dos cinco, mas desejamos sorte em suas próximas empreitadas.

Rockstar Spud fora do Impact, WWE interessada.


Rockstar Spud não faz mais parte do Impact Wrestling. Como Spud não lutava pelo Impact desde Maio, tal informação não causou grandes surpresas, apesar dele ter sido o vencedor do British Boot Camp em 2012, e tendo sido diversas vezes utilizado pela companhia. Ele foi X-Division Champion por duas vezes.

Em uma notícia relacionada, a WWE poderá ser o destino de Spud, onde ele faria parte da divisão Cruiserweight no 205 Live e, por consequência, do RAW.

Karen Jarrett requisitou ajuda da WWE para Jeff Jarrett


Dave Meltzer está reportando que Karen Jarrett pediu ajuda para a WWE, para inserir seu marido Jeff Jarrett no programa de reabilitação da empresa.

Para aqueles que não sabem, a WWE dispõe de um programa de reabilitação para ex-funcionários, com todas as despesas pagas. O fato curioso é que Jarrett e a WWE não possuem um relacionamento dos mais agradáveis.

Tudo isso por causa de uma situação em 1999, quando Jarrett era Campeão Intercontinental. Seu contrato iria expirar no exato dia em que ele iria ter uma luta contra Chyna, valendo o título, e ele estava programado para perder o título.
Acontece que Jarrett pediu a soma de $300.000 para fazer o job para Chyna e não ir para a WCW com o título Intercontinental.

A animosidade se tornou mais evidente quando Vince McMahon comprou a WCW, e, durante uma transmissão simultânea do RAW/Monday NITRO, demitiu Jarrett ao vivo. Desde então, Jarrett nunca mais apareceu em uma transmissão da WWE.

Confiram o vídeo abaixo:


[RUMOR] Jeff Jarrett passa por problemas com álcool


Como dito nesta reportagem, Jeff Jarrett não compareceu a um compromisso pela Real Canadian Wrestling, sendo que nenhum detalhe sobre o motivo da ausência tivesse sido divulgado.

Entretanto, foi recentemente afirmado pelo promotor da RCW Steven Ewaschuk, que Jarrett desmaiou de tanto beber no vestiário do show da RCW na última Sexta-Feira, e até tentou lutar, mesmo estando bêbado.

O promotor destacou que Jarrett se apresentou visivelmente intoxicado e atrasado para o show, e acabou desmaiando. Ele chegou a ser reanimado para cumprir suas obrigações.
A música de Jarrett tocou, mas ele não veio ao ringue, ao que seu adversário pegou o microfone e disse "Jeff está lá dentro ficando bêbado".

Jeff Jarrett disse ao ProWrestlingSheet.com que esses fatos não são verdadeiros, e chamou o promotor Steven Ewaschuk de amador.

Em uma notícia relacionada, rumores davam conta de que o problema de Jarrett com álcool tenha sido a razão para seu afastamento da Global Force Wrestling, e o eventual fim da parceria da mesma com a Anthem/IMPACT, também citado no link que está no início desta reportagem.

Bully Ray anuncia aposentadoria


O ex-WWE Superstar Bubba Ray Dudley, que vinha lutando fora da WWE utilizando o ringname Bully Ray, anunciou sua aposentadoria em um show da Ring of Honor.

A decisão pela aposentadoria foi tomada após uma séria lesão sofrida por ele durante um iPPV da ROH.

Tendo iniciado sua carreira em 1991, é provável que ele passe a dedicar seu tempo à escola de wrestling que ele mantém ao lado de D-Von Dudley, que é atualmente produtor na WWE. Também há a probabilidade de Bully Ray assumir um papel no backstage da WWE.

Confiram o discurso de despedida de Bully Ray aqui:



Jim Cornette abandona a GFW e a empresa pode ter voltado a mudar de nome

Image result for impact bound for glory 2017

Segundo uma entrevista de Cornette ao F4WOnline.com este não vai participar mais na empresa tendo a sua saída sido amigavel. Segundo ele o acordo com Jarrett foi de apenas de ajudar a equipa criativa durante as gravações do mês de Agosto e se possivel de Novembro. No entanto tal não vai acontecer e a atual equipa criativa vai ser composta por Sonjay Dutt e Scott D'Amore.

Quanto ao nome sim, é verdade a empresa pode vir a mudar de nome novamente e deixou de usar GFW nas redes sociais, Josh Mattews foi questionado sobre a possivel mudança de nome e não desmentiu nem confirmou completamente, apenas confirmou que nas proximas gravações da empresa o nome vai ser Impact Wrestling mas não revelou se o "GFW" cai definitivamente. Esta mudança pode dever-se à saida de Jeff Jarret.

WWE questiona fãs se estão interessados na programação da TNA e da ROH



A WWE lançou um novo questionário aos assinantes da WWE Network, onde estes são questionados acerca da programação do canal e que tipos de conteúdo gostariam de ver como parte de uma categoria Premium.

Entre as várias questões, existe algumas interessantes onde o fã é questionado se está interessado em torneios como por exemplo, torneios de tag team, Lucha Tournament, ou King/Queen of the ring, outras promotoras como a ICW, Progress, New Japan Pro Wrestling.

Fala também se o fã tem interesse em novos Reality Shows, comédias originais da companhia e até possibilidade de ver House Shows, em que seria disponibilizado alguns eventos para visualização.

TV-14 In Ring Show. A WWE pergunta se os fãs têm interesse em um programa semanal que seria uma “nova” versão da ECW (Extreme Championship Wrestling) ou novas promotoras com programação TV-14.

Mas o mais interessante na lista (muitas destas questões acima são muito interessantes também) é o facto de a WWE perguntar se os fãs estão interessados na programação da TNA e ROH.

“Ring Of Honor: Programação histórica e nova da ROH”

“TNA: Programação histórica e nova da TNA/Impact/Global Force Wrestling”

Será que a WWE irá mesmo dar o passo?

Anunciado o local de realização o Bound For Glory do Impact Wrestling deste ano



O Impact Wrestling anunciou hoje a localização do seu maior evento anual, o Bound For Glory.

Irá ser realizado em Ottawa, Canadá e será no dia 5 de Novembro.

Podem ver o anúncio oficial no Twitter do Impact Wrestling:


[ATUALIZADO] Faleceu o WWE Hall of Famer Bobby "The Brain" Heenan


Em notícia confirmada pelo WWE Hall of Famer Jim Ross, o também WWE Hall of Famer Bobby "The Brain" Heenan faleceu hoje cedo, aos 73 anos de idade.

A causa da morte foi falência múltipla de órgãos.



Tido por muitos como o último grande manager da indústria do wrestling, Raymond Louis Heenan começou muito jovem na indústria do wrestling, carregando as bagagens dos lutadores e vendendo refrescos durante os combates.
Ele iniciou como Manager em 1965 com o nome "Pretty Boy" Bobby Heenan, cuja gimmick era a de alguém que falava sem pensar, e morria de medo quando ameaçado fisicamente. Basicamente, ele manteve essa gimmick durante toda a sua carreira.



Quando fez parte da American Wrestling Association, ele revezava as tarefas de manager e wrestler, tendo sido manager de Angelo Poffo (pai do WWE Hall of Famer "Macho Man" Randy Savage), do WWE Hall of Famer Nick Bockwinkel, e das equipas The Valiant Brothers e The Blackjacks (ambas equipas também membros do WWE Hall of Fame).



Teve um grande momento nos anos 1980 na WWF ao criar uma stable chamda "Heenan Family" composta pelos WWE Hall of Famers Andre The Giant, Harley Race, Arn Anderson, Tully Blanchard, "Ravishing" Rick Rude (o primeiro wrestler que venceu um título sob a gerência de Heenan na WWF), Big John Studd, "Mr.Wonderful" Paul Orndorff e Mr.Perfect, entre outros wrestlers.



Heenan começou a revezar a tarefa de manager com a de comentador, ao lado do WWE Hall of Famer Gorilla Monsoon, que veio a se tornar um de seus melhores amigos.



Quando ele havia decidido se aposentar do wrestling, um telefonema da WCW o fez mudar de ideia, e ele fez parte da mesa de comentários com Steve "Mongo" McMichael e Eric Bischoff.

Embora desempenhasse o papel de comentador heel, Heenan sempre era contrário aos lutadores da nWo, a stable heel da WCW.

Heenan ainda participou brevemente da TNA, em 2005 e 2006.

Sua última participação na WWE foi durante o RAW cujo evento central era o Draft de 2007.



Heenan havia sido diagnosticado com câncer na garganta em 2002, tendo feito uma cirurgia para reconstruir seu maxilar em 2007.
Infelizmente, em 2009, uma infecção forçou a retirada da prótese.




[FOTOS] Novos títulos da Global Force Wrestling


Foram divulgadas imagens dos novos títulos da Global Force Wrestling, que estarão em disputa logo mais à noite, no Destination X.

Confiram as imagens abaixo:


GFW Global Championship


GFW Tag Team Championship


GFW X-Division Championship




GFW Women's Championship




Vale destacar como curiosidade que o título feminino não está, até o momento, utilizando apalavra "Knockouts", termo que caracteriza a divisão feminina desde os tempos de TNA.

Motivo para Mike Kanellis não estar recebendo push


De acordo com o The Spotlight, o motivo para Mike Kanellis não estar a receber um push no SmackDown Live, é pelos oficiais da WWE acharem que ele está fora de forma.

Dizem que a sensação que os oficias da WWE têm, é que Mike apenas se sentou no sofá após sair da TNA (atual GFW), esperando por uma oferta da WWE.

Entretanto, o que se vê é que ele está em forma física superior a até mesmo Dean Ambrose, por exemplo.

[FOTOS] GFW Impact volta aos house shows 2 anos depois

A GFW Impact Wrestling realizou ontem o seu primeiro evento não televisionado em Long Island, 2 anos depois do ultimo live event.

Segundo fontes no local estima-se que haviam cerca de 500 lugares no entanto estiveram presentes 330 fãs.







Audiências do GFW Impact voltam a descer

Image result for gfw impact


O Episódio desta semana do GFW Impact teve como destaque os LAX contra o campeão Alberto El Patron acompanhado pelo pai e pelo irmão. No entanto não foi além dos 276 mil espectadores, o que é uma descida dos 286 mil da semana passada.

O Impact foi o 132º programa mais visto na TV por cabo esta semana, uma subida face à semana anterior em que ficou em 137º.

Matt Hardy encontrou uma maneira de utilizar sua criação na WWE


Apesar da falha nas negociações entre os Hardys e a Global Force Wrestling sobre o uso da gimmick "Broken" (já que Ed Nordholm afirma que não tem vontade de negociar com os Hardys), pudemos ver claramente que eles estão usando muitos dos trejeitos dos personagens que utilizavam na outra companhia.

Durante uma entrevista ao RAW Fallout (confira no vídeo abaixo), notamos que Matt Hardy está enfatizando a palavra "Awoken", junto com os maneirismos característicos que utilizava quando se chamava de "Broken".


GFW falha em tentativa de registro de marcas


De acordo com o PWInsider, a Global Force Wrestling tentou registrar os termos "Broken Matt, "Brother Nero", "Broken Brilliance" e "Vanguard1", entretanto, todos os quatro termos não foram aprovados pelo Escritório de marcas e Patentes dos Estados Unidos.



No que diz respeito a marca "Broken Matt", ela foi recusada porque o próprio Matt Hardy já havia registrado. Para que a GFW tenha a chance de registrá-la, eles deveriam dispor de um argumento válido e que não entre em conflito com a alegação de Matt Hardy. Uma vez que o argumento seja feito, a GFW deverá esperar pela análise do Escritório sobre a alegação de Matt, já que ele registrou a marca primeiramente.

Vale destacar que a primeira tentativa de Matt não obteve sucesso, e ele teve seis meses para refazer seus argumentos. Outro ponto a destacar é que a marca diz respeito a uma pessoa, portanto a GFW deveria ter permissão do próprio Matt, o que não irá acontecer. 



Quanto a marca "Brother Nero", ela foi recusada porque a GFW não indicou se ela se aplicava a uma pessoa, e o nome do meio verdadeiro de Jeff Hardy é Nero.

Quanto a "Broken Brilliance", ela foi negada porque a GFW não especificou se o termo tinha significância no pro wrestling ou era simplesmente um termo artístico.



E por fim, "Vanguard1" foi negado por ter semelhança com diversos termos similares. Inclusive, sendo o nome do quarto satélite artificial lançado pelos EUA, e é o mais antigo satélite ainda orbitando a Terra.

Matt Hardy diz um facto curioso sobre o Final Deletion


Matt Hardy recorreu do Twitter para partilhar um facto curioso sobre o ínfame segmento do Final Deletion, nos seus últimos tempos na TNA (atualmente GFW) Impact.

No tweet Matt menciona que ele, Jeff e Reby Hardy, esposa de Matt, gastaram $2500(aproximadamente 2147 euros) e 4 dias para planeamento e preparação do segmento.

Matt também diz que não tiveram ajuda da TNA(GFW)

Eis o tweet:



De relembrar que o Final Deletion foi o culminar da rivalidade entre Matt e Jeff Hardy que ocorreu em Cameron, North Carolina, estado natal dos Hardys.

Ex-campeão deixa a GFW


O ex-TNA World Champion e ex-GFW Champion Magnus (Nick Aldis) não está mais sob contrato com a GFW.


Magnus não aceitou a proposta contratual feita pela GFW, e não tem participado das últimas gravações. Sua última participação foi para perder o título para Alberto El Patrón.

Um dos motivos que tem afastado wrestlers da GFW é a cláusula contratual que exige que seja pago à GFW 10% da quantia que o lutador sob contrato ganhar por aparições em outros eventos. Além disso, os lutadores da GFW não recebem nenhuma porcentagem por venda de merchandising feita pela GFW.