[ACTUALIZAÇÕES] Rich Swann do WWE 205 Live preso esta manhã

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!



A estrela do 205 Live Rich Swann, foi preso na madrugada deste domingo.

Tudo aconteceu por volta das 00.09 da madrugada em Gainesville, Florida.

O PWInsider reportou que Swann foi acusado de rapto/aprisionamento. No estado da Florida este é um crime em terceiro grau e que é punível com pena de prisão até 5 anos e $5.000 caso seja condenado. Swann também foi acusado de agressão leve, que na Florida é um crime menos grave e que dará direito até 1 ano de prisão, ou 12 meses em liberdade condicional e uma multa de $1.000 no caso de ser condenado.

Swann, de 26 anos, estava programado para enfrentar Drew Gulak para determinar o candidato principal ao WWE Cruiserweight Championship no próximo Monday Night Raw (amanhã), um combate que provavelmente irá ser cancelado.

Swann está detido na prisão em Alachua e foi lançado a seguinte foto:

Uma publicação partilhada por PWInsider.com (@pwinsider) a

ACTUALIZAÇÂO – Detalhes da detenção

Já são conhecidos os detalhes da detenção de Rich Swann, que foram disponibilizados pela polícia local.

A vítima nesta acusação é a mulher de Swann, Vannarah Riggs, conhecida no wrestling independente como Su Yung.

De acordo com o relatório policial, os dois estavam a viajar, vindos de um evento em Gainesville, Florida, evento esse em que Yung tinha feito um combate e os dois estariam a discutir esse combate.

Segundo o relatório, Swann vinha a criticar o desempenho de Yung e “começou a ficar zangado com ela.” Yung, ao sentir que a discussão estava a atingir outras proporções, saiu do carro quando circulavam pela 1500 East University Avenue, ao qual Swann eram quem ia a conduzir. Swann gritou para ela voltar ao carro, mas ela recusou.

Segundo os reports da detenção, Swann, que também acabara por sair do carro, agarrou Yung pelo braço, depois à volta do pescoço, colocando ela num Headlock trazendo-a assim para o carro enquanto Yung gritava por ajuda. Uma testemunha do incidente disse à polícia que Yung estava a bater na janela, tentava sair do carro, mas foi puxada de novo para dentro e que ela “parecia com muito medo do agressor e estava a tentar sair de ao pé dele.”

Uma segunda testemunha afirma que depois de Swann sair do carro, este não o deixou travado, o que levou o carro a seguir a marcha, embatendo numa cabine telefónica.

No relatório da detenção, as autoridades dizem que Yung lhes disse que ela tinha medo de Swann porque “ele por vezes tem mau feitio” e que ela tinha medo que a discussão pudesse levar a confrontos físicos. Diz ainda no relatório que Yung pediu a Swann para este parar o carro para ela sair, mas ele recusou-se a faze-lo, por isso ela esperou que o carro abranda-se a marcha para poder sair em segurança. Yung disse às autoridades que Swann a agarrou pelo braço e a levou de volta para o carro.

Após ser detido e ser-lhe lido os direitos, Swann negou qualquer confronto físico com Yung, negando ter-lhe tocado, alegando que ela voltou a entrar no carro por vontade própria. Swann disse ainda que apenas queria ir para casa e que eles estavam a usar o GPS do telemóvel de Yung e que “precisava que ela viesse com ele.” Swann também disse às autoridades que o casal está junto à 5 anos e que estão casados à 9 meses.

ACTUALIZAÇÂO – WWE reage a este incidente


A WWE já reagiu à detenção de Rich Swann lançando o seguinte comunicado:

“A WWE tem tolerância zero no que a violência doméstica diz respeito, e seguindo a nossa política, Rich Swann está suspenso por tempo indefinido no seguimento da sua detenção.”

Tentaremos trazer mais novidades assim que possível.