Billy Corgan fala sobre situação com Dixie Carter e acordo com a Anthem

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


O ex-Presidente da TNA e líder da banda Smashing Pumpkins Billy Corgan foi entrevistado por Mike Johnson do PWInsider, e falou sobre sua recente disputa legal com a TNA e a Anthem Media & Entertainment.
Embora Corgan esteja feliz com o acordo e acredite que a Anthem esteja em melhor posição para gerir a TNA, ele não abriu mão de perseguir seus direitos legais contra certos indivíduos envolvidos na situação.
Corgan diz que foi retratado como um "predador" pela "risível" equipa legal da TNA. Corgan também comentou sobre terem lhe mentido sobre negociações com a WWE, e se Dixie Carter é tola.

Sobre Corgan dizer que está "muito feliz" com o acordo e ele admitir que a Anthem é a melhor escolha para gerir a TNA, e não retirar todos os processos contra "certas pessoas":

"Por ter feito este acordo com a Anthem, eu estou muito feliz com o acordo, e eu, sinceramente, desejo a eles o melhor. Eu creio que eles são as melhores pessoas para cuidar da companhia, dadas as circunstâncias com as quais eles lidaram e eu sei como. Dito isso, no acordo que eu fiz para resolver tudo isso, e como ele (Johnson) disse no início de tudo isso, e eu havia lido outras notícias, eu não encerrei todos os processos envolvidos nesta situação. E eu especificamente pus na papelada que haviam certas pessoas envolvidas com a companhia com quem eu ainda tenho que bater de frente."

Durante a entrevista, Corgan deu a entender que a complacência de Dixie para dar as costas às pessoas pode demonstrar alguma visão sobre sua personagem. Sobre ter sido descrito como um "predador" pela equipa legal da TNA, Corgan disse ser exatamente o oposto.

"Eu creio que isto é uma incrível visão sobre a personagem de Dixie Carter. Ela estava virando as costas para quem um que ela chamava de amigo, para quem estava com ela em seu lar. Ela estava virando as costas para alguém que, po rtrês vezes, em três ocasiões diferentes, salvou sua companhia e seu traseiro. Sabes o que eu digo? Alguém que publicamente a defendeu e trabalhou duro. E, em certo ponto, eu fiquei um ano sem receber um salário. Então, naquele momento, aquilo realmente revelou a profundeza da depravação que alguém consegue se rebaixar, para vencer o caso.
Portanto, para me classificarem como um "predador" é algo risível porque, sob qualquer circunstância em minha vida, ninguém pode dizer, incluindo em minha vida profissional e carreira, que eu sou um predador. Eu sou o oposto. Eu sou alguém que gastou dinheiro com projetos de arte."

Sobre terem mentido à Corgan sobre negociações com a WWE sobre a venda da TNA:

"Isso vai de volta a toda a situação onde John Gaburick foi se encontrar com Kevin Dunn. (Johnson) entenda, e eu vou ser bem específico aqui, porque eu creio que isto meio que ajuda a esclarecer questões maiores que (Johnson) perguntou, e que eu não posso me aprofundar muito, OK?
Quando a pessoa com quem você trabalha, John Gaburick, sabes o que eu digo? E Dixie Carter, com quem você visita suas casas, com quem você come, com quem você sai, e você conhece seus filhos e tudo, quando você chega nessas pessoas e diz "eu ouvi rumores de que a companhia está sendo vendida para a WWE" e eles te respondem "não há nenhuma verdade nesse rumor", e, menos de 48 horas depois, admitem na frente de advogados que há alguma verdade nisso, o que você poderia pensar?"


Corgan continuou:

"O que eu estou tentando dizer, é que há momentos no decorrer do caminho, quando alguém levanta outra mão para que você veja outras coisas que estão acontecendo propositadamente, para mantê-lo distraído. E é por isso que eu não renunciei ao meu direito de litigar certas coisas contra certos indivíduos, porque essas pessoas, em minha estimativa, intencionalmente me enganaram para fazer certas coisas ou não fazer certas coisas."

De acordo com Corgan, os rumores de Dixie ser tola são falsos. Corgan diz que sentiu que Dixie engana os outros ao subestimarem sua inteligência.

"Há uma piada que eu faço sobre Dixie Carter, e é algo como isto. Ela sobreviveu a Hulk Hogan, Eric Bischoff, Vince Russo, Dutch Mantel, Bruce Pritchard, Jeff Jarrett, e, agora, a Billy Corgan.
Então, sobre essa lista de pessoas a quem ela sobreviveu, você me pergunta, o que faz uma pessoa querer fazer isto? E eu acho que a resposta mais simples é a verdadeira resposta.
Você tem alguém tão desesperado para estar naquele lugar, que eles querem literalmente fazer qualquer coisa, dizer qualquer coisa, ser qualquer coisa, e tirar qualquer um do caminho, para manter aquele lugar.
E este é o senso comum que você ouve, obviamente, quando você está envolvido com a TNA. Profissionalmente, eu estava."

"Há um pensamento de que Dixie é tola e facilmente manipulável. Eu gostaria de posicionar ao mundo uma teoria completamente diferente que é exatamente o oposto. Ela é uma trabalhadora de topo, porque ela trabalhou com todas aquelas pessoas, incluindo a mim.
Ela consegue que você acredite em algo sobre ela que não é verdade., e que talvez faça com que você subestime sua inteligência, sua crueldade, que ela ainda pode, de alguma forma, sair por cima. E o fato de que ela está disposta a ser tão humilhada publicamente, repetidamente, eu creio que isso mostra o quão profundamente ela investiu na personalidade pública ou oportunidade pública que ela quer ter. Não me pergunte profundamente sobre psicologia, porque eu não sou um psicólogo, mas eu nunca vi algo assim e eu estive na indústria do entretenimento por 30 anos."

Confiram a entrevista na integra, em inglês, no vídeo abaixo.